PIS 2017



O PIS 2017, também conhecido como abono salarial, é um benefício destinado aos trabalhadores de empresas privadas. Trata-se de um benefício pago de forma anual obedecendo regras e datas estabelecidas pelo Ministério do Planejamento e também a Caixa Econômica Federal. Aos beneficiários, é preciso que esteja bem atento à a todas informações que cercam este benefício para que não venha ocorrer problemas futuros. Portanto, para lhe ajudar a entender um pouco sobre este benefício fizemos um artigo completo sobre o PIS 2017.

Abono Salarial PIS 2017 Caixa

Abono Salarial PIS 2017 Caixa – Valor, calendário, e muito mais!

Veja quem tem direito ao Abono salarial

Para receber o Abono salarial dentro do calendário de pagamentos, o trabalhador precisa estar enquadrado em todos os requisitos solicitados pelo Ministério do Trabalho e Caixa Econômica Federal:

  1. Ter 5 anos ou mais de cadastro no PIS;
  2. Seu salário mensal, no ano base (2016), não pode ter ultrapassado a média de 2 salários mínimos;
  3. Precisa ter exercido atividade remunerada com carteira assinada para pessoa Jurídica (empresa) da iniciativa privada* por pelo menos 30 dias durante o ano base.
  4. O empregador (empresa), precisa ter informado os dados do trabalhador na relação anual de informações Anuais (RAIS) entregue ao Ministério do Trabalho no primeiro semestre de cada ano.

*Caso o trabalhador tenha exercido atividade remunerada tanto para empresa da iniciativa privada quanto empresa pública, para efeito de cálculo do benefício, só será considerado o tempo de serviço relativo ao trabalho para a empresa privada.

Calendário PIS 2017

O calendário foi a forma instituída para que os beneficiários se informassem sobre a data de pagamento de seu benefício. Trata-se de um calendário arquitetado pelo Ministério do Planejamento e a Caixa Econômica Federal, instituição financeira responsável pelo benefício.

O calendário PIS 2017 é organizado de acordo com o mês de aniversário do beneficiário. Isto quer dizer que o fator definitivo da data de pagamento do Abono Salarial 2017 é definido com mês de nascimento.

Tabela ATUALIZADA do PIS 2017/2018
Datas de saque do Calendário PIS 2017/2018
Aniversário Pode Sacar em: Até:
Julho 27/07/2017 29/06/2018
Agosto 17/08/2017 29/06/2018
Setembro 14/09/2017 29/06/2018
Outubro 19/10/2017 29/06/2018
Novembro 17/11/2017 29/06/2018
Dezembro 14/12/2017 29/06/2018
Janeiro e Fevereiro 18/01/2018 29/06/2018
Março e Abril 22/02/2018 29/06/2018
Maio e Junho 15/03/2018 29/06/2018

Valor do Abono Salarial 2017

Provavelmente, o calendário do Abono Salarial 2017 só deverá ser divulgado em meados de julho de 2017, quando inicia o pagamento o pagamento do benefício. Por regra, os trabalhadores que fazem aniversário entre Julho e Dezembro recebem o pagamento no final do mês de aniversário, já quem faz aniversário nos meses de Janeiro a Junho.

O valor do abono salarial 2017 é definido de acordo com a cotação do salário-mínimo para o ano vigente. Porém, vale lembrar que, desde 2015, o valor do Abono Salarial é proporcional ao tempo de serviço do trabalhador durante o ano base – ou seja em 2016. Essa alteração foi aprovada pela Lei 13.134/2015, para evitar as fraudes no pagamento do abono salarial. Pela regra anterior, o valor do abono era pago integral, desde que o trabalhador tivesse trabalhado por mais de 30 dias no ano base.

Dessa forma, terá direito ao valor do PIS integral somente o trabalhador que tiver trabalhado durante todo o ano base com a carteira assinada. Basicamente, cada mês com carteira assinada durante o ano base garante ao trabalhador 1/12 do valor do abono salarial integral. Se você trabalhou, por exemplo, durante 9 meses com a carteira assinada, terá direito a 9/12 do valor do PIS integra, se trabalhou apenas 4 meses, terá direito a 4/12 do valor do PIS, e assim por diante.

Confira abaixo a tabela de equivalência do valor do PIS de acordo com o tempo de serviço com carteira assinada durante o ano base em 2016:

Meses trabalhados (dias) Valor do abono
1 (30 a 44) R$ 79,00
2 (45 a 74) R$ 157,00
3 (75 a 104) R$ 235,00
4 (105 a 134) R$ 313,00
5 (135 a 164) R$ 391,00
6 (165 a 194) R$ 469,00
7 (195 a 224) R$ 547,00
8 (225 a 254) R$ 625,00
9 (255 a 284) R$ 703,00
10 (285 a 314) R$ 781,00
11 (315 a 344) R$ 859,00
12 (345 a 365) R$ 937,00

Por ainda ser cedo, o Governo Federal ainda não divulgou nenhum pronunciamento se irá alterar o valor do salário mínimo para o próximo ano. No entanto, muitos economistas já especulam que haverá sim aumento substancial.

  • O valor do Abono Salarial (integral) em 2016 foi de R$ 880,00.
  • O valor do Abono Salarial (integral) em 2017 será de R$ 937,00

Empregada Doméstica tem direito ao PIS?

Não. Pela legislação que institui a criação do PIS, o benefício é caracterizado como uma forma de “promover a integração do empregado na vida e no desenvolvimento das empresas”, ou seja, como o empregador doméstico é pessoa física, não se encontra obrigado a realizar o pagamento do Abono Salarial para o trabalhador doméstico.

Da mesma forma, a empregada doméstica não se enquadra nas regras para receber o abono salarial, pois:

  1. Não trabalha para empresa da inciativa privada – e sim para pessoa física;
  2. Não é informada ao Ministério do Trabalho através da RAIS – pois o empregador doméstico não tem obrigação de enviar esse documento;
  3. Não é cadastrada no PIS pelo empregador doméstico – ao contrário do que acontece quando é empregada em empresa da iniciativa provada.

Vale lembrar que são caracterizados como empregados domésticos os trabalhadores nas seguintes funções:

  • Arrumadeiras / Empregada doméstica / Faxineira;
  • Governanta/Mordomo/Assistente doméstico;
  • Babá/cuidador de crianças;
  • Acompanhante e idosos;
  • Cozinheira/passadeira/lavadeira;
  • Vigia;
  • Motorista;
  • E qualquer outra função desempenhada pelo trabalhador para empregador doméstico (pessoa física).

Como sacar o PIS

Após verificar a data de pagamento no calendário PIS 2017, é preciso que faça o saque de seu valor. Como o PIS é administrado pela Caixa Econômica Federal, seu saque pode ser realizado apenas nas agências da Caixa, pelo autoatendimento ou atendimento pessoal; lotéricas conveniadas à CEF e também nos correspondentes Caixa Aqui.

Para realizar o saque é preciso que o beneficiário esteja com o cartão do cidadão e a senha em mãos. Caso pretenda fazer o saque pelo atendimento pessoal, muitas vezes, os atendentes exigem um documento de identificação com foto, como a carteira de identidade, carteira nacional de habilitação, certificado de alistamento ou também a carteira de trabalho.

É importante que realize o saque do Abono salarial 2017 em um período hábil, já que ao passar da data limite do saque não é possível recorrer ao valor do benefício.

Como descobrir número do PIS

Uma dúvida comum entre muitos beneficiários é como descobrir o número do PIS. Também conhecido como número de inscrição social (NIS), ele está disponível em documentos cruciais do trabalhador, como a carteira de trabalho. Na CTPS é possível consulta-lo rapidamente na primeira folha juntamente com suas informações pessoais.

O número do PIS também equivale para outros benefícios sociais do Governo, como FGTS, aposentadoria e também seguro desemprego.

Rendimentos do PIS

Quem trabalhou com a carteira assinada até 04/10/1988 e não realizou o saque do PIS anterior a essa data, tem direito de sacar os rendimentos do PIS, também conhecidos como quotas do PIS.

O saque das cotas do benefício pode ser realizados independentemente do calendário de pagamentos do benefício. Se os rendimentos não forem sacados, eles se incorporam ao saldo das cotas e contribuem para render mais no próximo ano.

Saque dos rendimentos

O saque dos rendimentos do PIS poderá ser realizado através de qualquer uma das formas listadas abaixo:

  • Crédito em conta – Para o trabalhador que possui conta corrente ativa na Caixa Econômica Federal – com saldo positivo e movimentações;
  • Pelo atendimento das agências da Caixa, e postos de atendimento da Caixa Econômica Federal, como Lotéricas e Caixa Aqui, portando um documento de identificação com foto e Cartão Cidadão.

Serão aceitos os seguintes documentos como documentos de identificação válidos:

  • Carteira de Identidade (RG);
  • Carteira de Habilitação (CNH);
  • 3ª Via Militar;
  • Carteira de trabalho (CTPS)
  • Passaporte brasileiro;
  • Carteira de Identidade para estrangeiros (Modelo 19)
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...